Por que não dar fast-food para as crianças

0005017597P-565x849_WEB
Imagem meramente ilustrativa
Foto: Tilla Sky/Photl.com

A Proteste Associação de Consumidores avaliou 14 combos de cinco lanchonetes de fast-food, sendo quatro combos infantis (que incluem cheeseburger, batata frita e bebida pequenos) e 10 adultos (que englobam sanduíche, batata frita e bebida médios). A entidade constatou que todos são verdadeiras bombas de gordura, sódio e açúcar, alimentos que contribuem para o aumento de doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes e hipertensão.

Em relação aos mais calóricos, o combo Whopper Duplo com Queijo do Burger King liderou em quantidade de calorias (1.278 kcal), seguido pelo Chicken Crisp, da mesma rede (1.115 kcal). Entre os infantis, o Club BK, também do Burger King, é o mais calórico (736 kcal). Vocês prestaram atenção a esses dados? 1.278 kcal em uma única refeição!

Mas o problema não está apenas nas calorias. Segundo a Proteste, todos os lanches apresentaram níveis ruins de gordura total e saturada. “O Whopper Duplo com Queijo, do Burger King, contém a maior quantidade dos dois. O Trio Croc, do Giraffas, contém o maior teor de gordura total, 16,6%. Ou seja, em uma única refeição deste combo, consome-se mais que o máximo recomendado de gorduras totais diárias para um adulto”, informa a entidade.

Entre os lanches infantis, o McLanche Feliz contém quantidade elevada de gordura saturada, chegando a 43% dos valores diários de referência para este nutriente. Já os níveis de gordura trans, a mais nociva para o organismo, foram considerados bons – com exceção do lanche Double Cheddar, do Habib’s, onde foi encontrado 0,91 g.

Sal e açúcar

De acordo com a avaliação, os níveis de sódio também são preocupantes. Apenas cinco combos apresentaram níveis aceitáveis do nutriente – três infantis e dois adultos. O MegaClone, do Giraffas, é o lanche que contém mais sal (2,1 g), ultrapassando a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) de consumo, que é de 2 g por dia. Entre os infantis, o GiraLanche, também do Giraffas, contém o teor mais elevado de sódio.

A quantidade de açúcar nas bebidas também está acima dos aceitáveis para o consumo (6,3%). Os refrigerantes do MCDonald’s e Giraffas apresentaram 10% de açúcar e os do Bob’s, 7,3%.

Conclusão

Na comparação com teste realizado pela Proteste em 2009, os níveis de gordura saturada e trans diminuíram em até 11%. Contudo, os índices de gorduras totais aumentaram – de 29 g para 42 g nos combos adultos e de 19 para 24 g nos infantis. A quantidade de calorias também subiu em 8%. E o açúcar nos refrigerantes diminuiu nos combos adultos, entretanto, aumentou nos infantis. Por isto, a PROTESTE alerta: o consumo destes alimentos deve ser feito com moderação, especialmente por crianças e adolescentes.

Combos infantis testados:
McLanche Feliz (McDonald’s)
GiraLanche (Giraffas)
Tri Kids (Bob’s) e Club BK (Burger King)

Combos adultos testados:
Chicken Salad e Double Cheddar (Habib’s)
McChicken e Big Mac (McDonald’s)
Trio Croc e Megaclone (Giraffas)
Big Bob e Bob’s Crispy (Bob’s)
Whopper Duplo com Queijo e Chicken Crisp (Burger King)

Nota do blog

Mamães e papais, eu sempre procurei evitar esse tipo de comida. Ao analisar a avaliação da Proteste, fiquei ainda mais contrária a esses alimentos. Tudo bem, é prático e as crianças adoram, mas é preciso moderação.

Jamie Oliver, aquele famoso chef de cozinha do Reino Unido, que luta para que as crianças comam de forma saudável, já disse em palestra que quando criança gostava de comer fast-food, mas, como ele mesmo contou, isso sempre acontecia às vezes, de forma esporádica. No vídeo abaixo, ele explica por que criou a chamada Jamie Oliver’s Food Revolution.

Beijos, da Mamãe Prática Mari.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.