hipotireoidismo

Hipotireoidismo: cuidados na gestação

Já escrevi aqui no blog sobre a minha experiência “gravídica” e como, para mim, este não foi um período tão encantador e mágico como muitas mulheres costumam descrever. Talvez isso tenha ocorrido porque eu não imaginava que sentiria tanto as alterações físicas e emocionais que acompanham a gravidez, por mais que eu já tivesse lido bastante sobre as mudanças que ocorrem no corpo da mulher durante a gestação.

Desde crianças, eu e minha irmã gêmea temos hipotireoidismo e já sabíamos que quando ficássemos grávidas teríamos que fazer um acompanhamento com endocrinologista, pois as alterações hormonais da gravidez poderiam desestabilizar a doença. E foi justamente isso que ocorreu, tanto no meu caso quanto no dela.

Foto: Studio Cl Art
Foto: Studio Cl Art

Logo nos primeiros meses de gravidez, o hipotireoidismo ficou descontrolado e eu sentia muito cansaço, sono e desânimo, mas achava que esses eram apenas os sintomas comuns da gestação. Não tinha vontade de fazer nada…

 

Quase dormia em frente ao computador e imagine que até no Dia de Natal, quando a minha casa estava cheia de família e amigos, eu passei boa parte da tarde dormindo rs rs rs. Felizmente, com a ajuda da minha endocrinologista, o hipotireoidismo foi controlado e os sintomas amenizados.

Se você também tem essa doença, vai gostar de ler a entrevista concedida pela endocrinologista Laura Ward, vice-presidente da Regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM-SP), para o blog Mamãe Prática. Boa leitura!

Quais são as principais mudanças hormonais que ocorrem durante a gravidez? Essas mudanças podem ser percebidas por quais sintomas?

Dra. Laura Ward: A gestante tem uma inundação de hormônios. Ela sofre grande elevação do hormônio gonadotrófico coriônico, o mesmo que serve para se fazer diagnóstico precoce de gravidez. Este hormônio ativa receptores do hormônio tireoidiano porque se assemelha à tireotrofina, o hormônio que estimula a glândula tireoide.

Além disso, a grávida tem elevados níveis séricos [quantidade de determinadas substâncias no sangue] de progesterona e de estrógeno. Os sintomas são a amenorreia (parada da menstruação), aumento das mamas e retenção de líquido com pequeno inchaço em todo corpo.

No caso da mulher que tem hipotireoidismo, é comum haver o descontrole hormonal durante a gestação?

Dra. Laura Ward: A grávida precisa fornecer hormônio tireoidiano para as necessidades do seu organismo que estão aumentadas, durante a gestação, e também para o bebê, porque ele só vai começar a produzir os próprios hormônios tireoidianos depois do terceiro mês de gestação e esta produção só será suficiente perto do parto. Por isso, a gestante necessita de mais iodo, que é a matéria-prima fundamental para produção dos hormônios tireoidianos. Na mulher adulta normal a necessidade de iodo é de cerca de 150 microgramas por dia, enquanto que na gestante passa a ser de 250 a 300 microgramas por dia.

Por isso é importante tomar vitaminas pré-natais que contenham iodo durante a gestação. A mulher que já tem hipotireoidismo deve fornecer hormônio para o bebê logo nos primeiros dias de gestação, por isso se recomenda que até antes de engravidar ela já tenha níveis de TSH por volta de 1mU/L e que, assim que suspeitar de gravidez, aumente imediatamente a dose de levotiroxina que toma. De modo prático, ela pode tomar meio comprimido a mais por dia até seu endocrinologista regular a dose.

“A gestante necessita de mais iodo, que é a matéria-prima fundamental para produção dos hormônios tireoidianos”

Quando o hipotireoidismo está “descontrolado”, quais são os principais sintomas que a mulher gestante poderá sentir?

Dra. Laura Ward: Os sintomas são os mesmos de fora da gestação: cansaço, adinamia [falta de iniciativa, fraqueza], grande desânimo que pode mesmo levar à depressão, pele e cabelos secos, unhas fracas, intestino preso. Na gestação é mais difícil distinguir alguns sintomas de hipotireoidismo, por exemplo, o sono e a prisão de ventre que também ocorrem na gestante normal.

Quais são as consequências tanto para a mãe quanto para o desenvolvimento do bebê caso os problemas relacionados ao hipotireoidismo não sejam controlados?

Dra. Laura Ward: Durante a gestação, desregular o controle do hipotireoidismo é muito perigoso porque pode causar abortamento, parto prematuro, descolamento de placenta e aumenta o risco de hipertensão arterial e de diabetes gestacional. Além disso, filhos de mães que tiveram hipotireoidismo durante a gestação podem nascer com diminuição de QI (debilidade mental que pode chegar a ser severa: o cretinismo) e alterações neurológicas. No entanto, tratar precocemente estes bebês, geralmente, reverte a maior parte dos efeitos do hipotireoidismo durante a gestação.

Quais são os cuidados que a gestante com hipotireoidismo deve ter durante a gestação?

Dra. Laura Ward: Toda grávida deve fazer o teste de TSH no sangue para ver se está com a função tireoidiana normal. Cerca de 2% das gestantes têm anormalidade e por isso devem ser logo tratadas, como explicado acima.

Tomar vitaminas que contenham iodo também é fundamental. Uma boa alimentação, balanceada, sem excessos, contendo peixes (comer peixe 2 a 3 vezes por semana é interessante durante a gestação), muitas verduras verde-escuras e frutas é fundamental para a saúde de ambos, mãe e bebê. Claro que não se deve fumar nem ingerir álcool durante a gestação.

“Toda grávida deve fazer o teste de TSH no sangue para ver se está com a função tireoidiana normal”

Quer saber mais sobre o tema? Vem conferir nossos posts sobre doenças da tireoide e gravidez:

– Hipotireoidismo na gestação: conheça as novas diretrizes
– Tudo o que você precisa saber sobre hipotireoidismo na gravidez
– Hipotireoidismo na gravidez: e agora?
– 8 perguntas-chave sobre hipertireoidismo na gravidez

Beijos, da Mamãe Prática Fabi

Imagem abertura: Mimo Fotos

Cadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades

 

212 comentários em “Hipotireoidismo: cuidados na gestação”

  1. Boa tarde..
    Vi sua entrevista e achei muito interessante tenho hipotireoidismo e pretendo engravidar no ano que vem,sei que não será uma gravidez tranquila como das minhas irmãs que não tem esse distúrbio, estava com medo agora estou mais tranquila para realizar meu sonho de ser mãe.
    obrigada
    Greicy Fernandes

    1. Olá Greicy, fique tranquila. Apenas é preciso um bom acompanhamento no pré-natal também com um endocrinologista. Tanto eu quanto a Mamãe Prática Fabi temos hipotireoidismo e nossa gestação ocorreu normalmente, até os nove meses. Boa sorte e curta bastante esse momento quando ele chegar bjs Mari

      1. Mari, ja fiz tireoidectomia, meu tsh desregulou muito na gravidez, estou cm 7 semanas e ja esta baixando mas ainda n esta bom, sera q ja afetou meu bebe?

        1. Oi Daniele, é difícil responder a sua pergunta porque depende muito da evolução da sua gravidez e da avaliação médica. Mas você está bem no início e, fazendo tratamento, acredito que tudo ficará bem. Boa sorte querida! Beijos, da Mamãe Prática Fabi

  2. Boa noite. Meu nome é Mauricio e tenho uma dúvida. Minha esposa descobriu que tem HIPOTIREOIDISMO no sexto mês de gravidez ,ressalto que ela fez exames de sangue quando estava com 4 meses e estava tudo normal. Gostaria de saber se há riscos para ela e para o bebe ?
    Obrigado Mauricio

    1. Olá Mauricio, acredito que se o hipotireoidismo estiver bem controlado, com acompanhamento médico, a gravidez pode transcorrer normalmente sem prejuízo para mãe e bebê. Comigo deu tudo certo. Apesar de o hipotireoidismo ter descontrolado no início da gravidez, no momento em que a endocrinologista ajustou o remédio fiquei bem e meu bebê não teve nenhum problema. Enviei sua dúvida para a SBEM-SP, que havíamos consultado neste post, e assim que tivermos algum retorno contamos aqui. Muito obrigada pelo contato e continue acompanhando a gente, muito legal ter papais (e futuro papais) por aqui. Abraços, Fabi

        1. Olá Mauricio, a Dra. Laura Ward, endocrinologista e vice-presidente da SBEM-SP, enviou pra gente uma resposta para a sua dúvida. Veja só: “O hipotiroidismo pode sim ser um risco para o bebê e para a mãe. No entanto, ele é facilmente corrigido e tenho certeza de que seu médico já cuidou disso” (Dra. Laura Ward). Espero que as nossas informações tenham te ajudado. Continue acompanhando o nosso blog e convide a sua esposa para passar por aqui também! bjs Fabi

          1. FAbi,minha esposa esta sendo acompanhada por um médico, oque nos deixou mais tranquilos,mas agradeço a vcs pelos esclarecimentos e pela atenção dada. Muito Obrigado.
            abr4ços

    2. Oi mauricio eu gostaria de saber se o seu bebe nasceu bem se puder me respoder no meu e mail [email protected] eu estou gravida e tambem descobri que tenho hipotireoidismo com 5 meses de gestacao e estou muito preocupada agora estou no 7 mes

  3. Hoje fui ao médico e fiquei sabendo que meus exames de tireoide deram alterados estou de 8 semanas de gestação fiquei muito preocupada pois já tinha ouvido falar das complicações que isso pode trazer para mãe e bebê corri marcar um endocrinologista e cheguei em casa e fui ler sobre o assunto então vi essa entrevista que me deixou um pouco mais calma. É minha primeira gestação e quero que ocorra tudo bem obrigada por esses esclarecimentos nessa maravilhosa entrevista. São palavras que ajudam muito.

    1. Olá Simone, fique tranquila que tudo dará certo! Tenho hipotiroidismo há muitos anos e com acompanhamento de uma endocrinologista a gestação correu tudo bem. Boa sorte na sua gravidez e obrigada pelo comentário, continue acompanhando a gente! bjs Fabi

  4. Nossa, que bom que encontrei este blog! Tenho hipotiroidismo, e descobri antes de engravidar. Engravidei esse ano e os niveis estavam dentro do normal, tomava 100 mg de purant4 e foi completo com mas 50 mg do puran. Os exames foram feitos com 6 semanas de gestação e a dose foi aumentada nesse periodo. Estou agora com 21 semanas e semana passada fiz outro exame que me deixou preocupada, pois o meu tsh estava 5. Por favor me de uma luz, pois fiquei preocupadissima e tenho consulta somente daqui há duas semanas. Aguardo respostas. Obrigada!
    Beijos!

    1. Olá Sandra, fico feliz que entrou no nosso blog. Se o seu TSH está alterado é bem possível que seu endocrinologista faça um novo ajuste na dose do remédio. No meu caso, o hipotireoidismo descontrolou na gravidez e precisei fazer vários ajustes ao longo da gestação, mas tudo correu bem sem qualquer problema para mim ou para meu bebê. Fique tranquila que com acompanhamento médico dará tudo certo. Claro que quanto antes você puder passar pelo seu médico melhor para ele(a) te orientar sobre a medicação. Espero ter ajudado… continue acompanhando a gente 😉 beijos, Fabi

    1. Olá Elaine. Segundo a especialista que consultamos para este post, quando o hipotireoidismo está descontrolado a gestante tem maior risco de abortamento, parto prematuro, descolamento de placenta, hipertensão arterial e diabetes gestacional. Por isso, é muito importante fazer o acompanhamento médico para que tanto a mãe quanto o bebê fiquem bem. Espero ter ajudado, bjs Fabi

  5. Ola! Tenho 26 anos, e ha dois meses descobrir que tenho hipotireodismo!! Fui ao endocrino e comecei o tratamento com levoid 38mcg. Mas com 16 dias que eu tinha começado o tratamento descobrir que estou gravida!!!
    Ja voltei no medico ele ajustou a dose para 50mcg!!!
    Mas gostaria de saber se o fato de eu ter engravidado no começo do tratamento meu bb pode nascer com algum problema???
    Ah vou fazer a primeira ultrasson amanha!!
    Estou muito anciosa e preocupada!!

    1. Olá Mallu! Parabéns!!! Não precisa ficar preocupada, pois você já começou o tratamento, e isso é o mais importante. Mesmo quem tem hipotireoidismo e a trata por anos (como eu mesma e a Fabi que temos desde os 7 anos!), precisa de um acompanhamento de um endócrino especial durante a gravidez. Isso mesmo, durante toda a sua gravidez, você deverá estar sempre fazendo exames para avaliar a dosagem do seu remédio e ver como anda seu hipotireoidismo, e isso é normal para quem tem essa disfunção. Eu e a Fabi tivemos que ajustar nossos remédios durante a gravidez. Então, curta muito a sua gravidez e as suas novas descobertas e já sabe: faça o pré-natal com sua médica ginecologista/obstetra e seu médico endócrino. Vai ser preciso refazer o exame diversas vezes durante a gravidez, mas é normal, o importante é o médico endocrinologista te acompanhar também. Já fez o ultrassom? Curta bastante essa fase! Bjs Mari

        1. oi Natasha. O tratamento do hipotireoidismo não preveni a gravidez, são coisas diferentes. Se você desconfia dessa possibilidade de estar grávida vale procurar um médico e fazer o exame. Se tiver baby a caminho é importante fazer um acompanhamento da sua disfunção da tireoide ao longo da gestação. Boa sorte! Beijos, Fabi

  6. Olá!
    Sou tentante ainda, mas tenho hipotiroidismo e meus exames acusaram T4 em 12,0; T3 em 75 e TSH em 1,98. A minha preocupação é que o TSH está baixo e o T4 está no limite do valor de referência normal, assim será que não pode atrapalhar que eu consiga engravidar? Tenho consulta só no próximo mês e até lá fico na ansiedade.

    1. Olá Tatiane, enviamos a sua dúvida para a Dra. Laura S. Ward, vice presidente da Regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM-SP) que respondeu o seguinte: “Os seus exames mostram que você está bem do ponto de vista da função tireoidiana e ela não deve prejudicar os seus planos de engravidar. Seu médico, após examinar você, poderá te dizer que, assim que você engravidar, deverá aumentar (em um terço ou dobrar) a dose de levotiroxina que toma. Isso é muito importante para fornecer hormônios tireoidianos suficientes para o bebê. De resto, não se preocupe, você está bem e o valor de TSH é normal. Boas sorte!”.

    1. Olá Diogo, enviei a sua dúvida para a Dra. Laura Ward, especialista que consultei para este post. Veja a resposta da médica: “Caro Diogo, é muito difícil quantificar o risco do seu bebê mas, sem dúvida, você e a sua mulher devem procurar um endocrinologista com urgência para não permitir que este hipotireoidismo persista. A simples administração de levotiroxina vai remover os riscos que seu filho tem por causa desta situação. Não demore a procurar ajuda, é fácil resolver!”.
      Como comentei no post, tenho hipotireoidismo e na minha gravidez a doença se descontrolou, mas com orientação da endocrinologista o medicamento foi ajustado e deu tudo certo! Espero ter ajudado e continue acompanhando a gente. Bjs para você e sua esposa, Fabi

    2. Olá Diogo

      Descobri hipotireodismo com treze semanas de gravidez e estou muito preocupada, pois as taxas poderiam estar alteradas na fase mais importante do desenvolvimento do bebê sem que eu soubesse. Gostaria de saber se seu bebê nasceu perfeito e ele apresenta desenvolvimento intelectual normal. Obrigada!

    1. Oi Renata, a Dra. Laura Ward enviou a seguinte resposta: “Renata, você precisa procurar o seu médico e conversar com ele. Segundo os parâmetros definidos para o segundo trimestre da gestação, os valores de TSH e de T4 estão normais, mas estes valores devem ser contextualizados no seu caso clínico”. Espero que ajude e boa sorte na sua gravidez! bjs Fabi

    1. Oi Jeniffer, que bom que você está acompanhando com um médico seu hipotireoidismo. Vai dar tudo certo! Obrigada pelo seu comentário, bjs Fabi

  7. Olá adorei o blog. Estou muito preocupada. Completei 12 semanas de gestação, meu exame de tsh deu 0.387, minha médica pediu para refazer o exame para confirmar. Tem a possibilidade de ter ajustado naturalmente ou irá se confirmar? Qual risco que meu bebê corre? Aguardo ansiosamente resposta

    1. Oi Mônica! Enviamos a sua dúvida para a endocrinologista Laura Ward que respondeu o seguinte: “Monica, só o seu médico pode te aconselhar porque ele conhece o teu caso clínico e sabe avaliar os resultados hormonais de acordo com a tua história médica. Fale com ele. O valor de TSH de 0,38 está dentro do que é considerado normal para o primeiro trimestre da gestação”. Espero que esteja correndo tudo bem com a sua gestação e que nossas informações possam te ajudar. Beijos, Fabi

  8. Olá Fabi. Estou gestante de 13 semanas e acabei de descibrir que estou com hipotireoidismo. Havia feito o mesmo exame antes de engravidar e estava normal. Li algumas perguntas aqui na página e percibi que muitas gestantes ficam com a tiróide descontrolada somente depois de engravidar. Será que vc pode tirar minha dúvida com a médica especialista se tem alguma ligação com a gravidez? Obrigada.

  9. Queridas leitoras, quero avisá-las que estou fazendo uma nova entrevista com a Dra. Laura para aprofundar o tema sobre hipotireoidismo na gestação. Tenho recebido muitas mensagens de leitoras e seus parceiros preocupados com essa condição e quero ajudá-los a entender melhor o tema :). O post deve sair em janeiro.

    De qualquer forma, quero lembrar que tanto eu como a Mamãe Prática Mari temos hipotireoidismo e tudo correu bem na nossa gravidez (mesmo com as alterações dos hormônios tiroidianos), já que fizemos um bom acompanhamento com endocrinologista. Boa sorte para vocês, fiquem tranquilas e em breve publicarei mais sobre o assunto, bjs Fabi

  10. Olá, estou com 20 semanas e acabei de descobrir hipotireoidismo, o medico me apavorou e estou com medo, passo em um medico do SUS e ele não encaminhou para endocrino, ele indicou Synthroid e só….estou com medo…podem me ajudar se posso fazer algo mais?

    1. oi Debora, é importante que você tenha um acompanhamento médico durante a sua gestação para avaliar periodicamente os seus níveis hormonais e índices relacionados ao hipotireoidismo, assim como a dosagem do medicamento. Dessa forma, a gravidez correrá tranquilamente. Fique calma e tudo vai dar certo! Bjs Fabi

  11. Olá, meu nome é barbara tenho hipotireoidismo antes de engravidar… Tomo levoid 25 mg mesmo meu medico sabendo não me encaminhou para um endócrino nem aumentou a dosagem sendo ele g.o … Nao deveriam ter feito algo ..algums atenção especial… Estou de 33 semanas e muito preocupada..

    1. oi Barbara, você chegou a fazer os exames para verificar como está a dosagem de TSH, T4 livre? Talvez seu ginecologista tenha pedido e esteja tudo bem. Na dúvida, sugiro que você converse com seu médico e, se possível, procure um endocrinologista para acompanhar o final da gravidez. Fique bem, vai dar tudo certo! bjs Fabi
      Obs: nos próximos dias vou publicar um novo post sobre esse tema, espero que te ajude…

  12. Oi , meu nome é Junior e tenho uma duvida. O resultado altera do tsh
    ja indica positivo para gravidez? Porque os valores de referencia me deixaram em duvida, pois fala em periodos de gestação.

    1. Olá Júnior! Como é comum alteração do TSH na gravidez de mulheres com hipotireoidismo, os laboratórios indicam em seus valores de referência os índices para períodos de gestação. Mas (pelo que entendo) não dá para confirmar um positivo para gravidez. Para isso é preciso fazer o exame de sangue Beta-HCG. Na dúvida, vale procurar os médicos especialistas (ginecologista e endocrinologista). Boa sorte! bjs Fabi

  13. Oi, descobri que tenho hipotireoidismo hoje e meu exame constou isso : horm.tireoestimulante (ths) 5.78 UI/mL . Tenho 17 anos anos. Gostaria de saber se é muito alto o grau de hipotireoidismo que está no meu sangue ? E esse numero realmente quer dizer que eu estou com hipotireoidismo ?

    1. Olá Julia! Enviei a sua dúvida para a médica Fernanda Barca, endocrinologista e professora da Faculdade de Medicina da USP. Ela explicou que seu TSH não está tão alto, mas depende também de como você está se sentindo. Alguns pacientes podem se sentir cansados, outros não sentem nada. Talvez você esteja com alguns sintomas como dificuldade de concentração e memória, e cansaço (às vezes atribuímos isso ao estresse). É muito importante que você procure um especialista para avaliar o seu quadro e fazer o acompanhamento. Provavelmente, o endocrinologista irá solicitar exames como anticorpos contra-tireoide, ultra-som de tireoide e poderá prescrever a reposição do hormônio. Fique tranquila que tudo ficará bem, espero ter ajudado! Beijos, Fabi

  14. Olá… Descobri que tenho hipotireoidismo e logo descobri que já estava com 5 semanas de gravidez. Comecei a tomar imediatamente Puran 50 mcg. Gostaria de saber se ainda assim, o bebe, nesse período anterior que fiquei sem tomar o remédio, ele corre algum risco? E se eu ainda corro risco na gravidez? Não tive nenhuma dificuldade em engravidar, aliás, na primeira tentativa engravidei. A unica coisa que deu alteração nos exames foi a TPO. Ainda assim, o bebe corre algum risco?

    1. oi Jennifer! É difícil responder essa questão porque cada caso é um caso e depende de vários fatores como a sua condição geral de saúde, por isso, é importante fazer a avaliação e o acompanhamento com um endocrinologista, além do seu obstetra. Imagino a sua preocupação e angústia. Em geral, quando o hipotireoidismo está controlado, ou seja, quando o tratamento é feito corretamente e a doença monitorada, tudo ocorre normalmente. Tanto eu quanto a minha irmã temos hipotireoidismo e, graças à Deus, foi tudo bem na nossa gravidez. Fique tranquila que tudo dará certo! Espero ter ajudado, beijos, Fabi

  15. Oi, minha esposa está com 17 semanas e descobriu logo no início que estava com hipotireoidismo. A médica passou um remédio, mas o ths de 11, caiu para 9, depois de um mês! Estamos muito preocupados com a saúde do bebê. Esse valor é muito anormal?

    1. Olá Rodrigo, enviei a sua dúvida para a Dra. Fernanda Barca, endocrinologista e professora da Faculdade de Medicina da USP, que informou que esse índice é realmente “muito anormal e deve ser corrigido rapidamente para evitar prejuízos ao bebê (por exemplo, papo ou retardo de Q.I.)”. Sei que essa é uma situação delicada e que assusta, mas imagino que vocês já estão com acompanhamento médico. Fique tranquilo que tudo dará certo. Eu mesma tenho hipotireoidismo que ficou descontrolado na gestação, mas com o ajuste do remédio tudo ficou bem. Boa sorte! Beijos, Fabi

  16. Boa noite. Tenho 33 anos e hoje com hipotireoidismo. Já tenho uma filha de 5 anos e durante a minha primeira gestação estava com hipertireoidismo, meu bebê nasceu com baixo peso, chamada de bebê PIG. Fiz tratamento com IODO, mas infelizmente reverteu para hipo. Quero engravidar no próximo ano, quero saber se há riscos de ser outro bebê com baixo peso, ou ter problemas mentais?