Arquivo da categoria: Primeiros cuidados

10 dicas rápidas para quem tem bebê

Quem acompanha a gente pelas redes sociais já deve ter percebido que sempre divulgamos dicas curtinhas, práticas e simples para ajudar no dia a dia de quem tem bebê ou criança pequena.

A maioria dessas dicas são baseadas na nossa experiência, na de outras mamães e nas informações que apuramos com diferentes especialistas que entrevistamos para o blog. Por isso, para ajudar nossos queridos leitores e leitoras, selecionei 10 dicas rápidas que publicamos nos nossos canais:

Continue lendo 10 dicas rápidas para quem tem bebê

Cuidados com a higiene do bebê

Há poucos meses participamos de um encontro promovido pela Johnson’s Baby com jornalistas e blogueiras para o lançamento da sua nova linha de produtos para recém-nascidos que foi reformulada e inclui sabonete líquido, óleo, loção hidratante e toalhinhas umedecidas (Humm produtos com cheirinho de bebê).

Na ocasião, recebemos um guia bem bacana sobre os cuidados com a pele do bebê, intitulado “Novas práticas de higiene infantil para cuidar do bebê com segurança, suavidade e eficácia”. Por isso, resolvi selecionar algumas informações úteis sobre o tema para dividir com vocês. Veja só:
Continue lendo Cuidados com a higiene do bebê

Como montar a farmacinha do bebê

Quando estamos prestes a ter nosso bebê, principalmente quando somos mães de primeira viagem, ficamos preocupadas com a quantidade de detalhes que não podemos esquecer de preparar antes do bebê nascer. E um dos cuidados é termos em casa uma farmacinha para o recém-nascido!bebe-antibiotico-remedioEntão, para você não perder tempo, confira abaixo a nossa sugestão de itens para a sua farmacinha. Essas  listas foram enviadas pela Sare Drogarias Online e achamos bem bacana para compartilhar com vocês. Colocamos alguns comentários, baseados na nossa experiência, em parênteses. Seguem as listas:

Continue lendo Como montar a farmacinha do bebê

Cuidados com a pele das crianças no verão

Sol, calor, mar e piscina! Verão é tudo de bom, mas quando a gente tem bebê ou criança pequena surge a preocupação de como protegê-los do sol, sem deixar de curtir os passeios. Será que podemos usar qualquer protetor solar? Por que a pele do bebê é mais delicada? Como evitar problemas?

Para responder a estas e outras dúvidas, entrevistei a dermatologista Maria Helena Garrone, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), sobre os cuidados que devemos ter com a pele dos bebês e das crianças no verão. Vejam só as dicas:

1. Qual a recomendação para bebês e crianças sobre tomar sol na praia ou na piscina?
Por uma questão de segurança, não se recomenda o uso de protetores solares em crianças menores de seis meses, uma vez que esses produtos ainda não tiveram testes conclusivos para o uso em bebês. Nessa idade as crianças devem ficar na sombra e evitar a exposição solar direta. Já as crianças maiores de seis meses devem utilizar protetor solar com FPS (Fator de Proteção Solar) maior ou igual a 30, de preferência da linha infantil, e sempre evitar a exposição entre às 10h e 16h, quando a incidência de radiação ultravioleta é mais intensa. Também se pode utilizar roupas protetoras, bonés, chapéus e óculos, sendo muito importante reaplicar o produto na frequência adequada.

 2. Quais são as características da pele dos bebês e das crianças e por que eles possuem uma pele mais delicada?
A pele do bebê e da criança é mais fina e delicada que a do adulto, ainda não tendo seu sistema de defesa completamente formado. Por isso, o sol causa danos e agressões mais intensas nessas peles e o dano causado na pele do bebê e da criança é cumulativo, ou seja, pode trazer consequências na pele durante a vida adulta.

3. Quais são os problemas mais comuns relacionados à chegada do verão?
No verão observamos algumas alterações de pele relacionadas ao calor e ao excesso de transpiração, como brotoejas, miliárias (erupções na pele) e algumas alergias. Além disso, temos os danos diretos do sol, como as queimaduras solares.

4. Quais dicas práticas a senhora daria às mamães quanto aos cuidados e à proteção da pele dos bebês e crianças pequenas?
Cabe à mãe estar sempre atenta aos cuidados quanto ao uso do protetor solar. Também é importante proteger a criança não apenas na praia, mas também no dia a dia e finais de semana, principalmente em locais onde a criança estará exposta ao sol. Deve-se aplicar o protetor solar de forma correta e com a frequência adequada.

5. O que mais gostaria de dizer às mamães?
A mãe é responsável por educar seus filhos quanto aos cuidados e proteção da pele, e isso inclui reforçar a importância do uso correto e regular do protetor solar, bem como de evitar a exposição solar em excesso e nos horários de maior incidência de radiação ultravioleta. Outro ponto importante é além de educar dar o exemplo: se a criança vê, desde pequena, a mãe se cuidando, passando o protetor e se protegendo com chapéu e óculos, ela terá um exemplo a seguir e com certeza terá mais cuidado.

Mais dicas para proteger as crianças do sol

  • Caso a pele da criança seja muito clara, o melhor é optar por um FPS maior do que 40.
  • Antes de expor seu filho ao sol, espere 30 minutos após passar o protetor solar nele, pois dessa forma se tem um tempo adequado para o protetor penetrar na pele.
  • Reaplique o produto a cada duas horas e após os banhos de mar e de piscina.
  • Escolha protetores que bloqueiam tanto os raios UVA como os UVB, dando preferência para um filtro específico, de acordo com a idade da criança (isso evita que algumas substâncias irritem a pele sensível do bebê).
    Fonte: Coppertone®

Mamães, espero que essas informações tenham sido úteis para vocês. Bora aproveitar o calor gostoso com nossos pequenos?

Beijos, da Mamãe Prática Fabi

Foto: Artxpress

clubeCadastre-se no Clube Mamãe Prática para receber nossos posts e novidades!

Como cortar as unhas do bebê

Quando a gente tem um bebezinho para cuidar logo aprende que precisa prestar atenção em muitos detalhes, afinal aquele serzinho é tão frágil, pequeno e depende totalmente de nós. Logo que cheguei da maternidade percebi que as unhas do meu filho Serginho estavam grandes e ele já começava a se arranhar sozinho. Elas eram muito fininhas, quase um papel, e por isso, demorei quase um mês para tomar coragem e conseguir cortá-las.

A verdade é que cortar as unhas do bebê exige alguns cuidados para evitar machucar a pele e os dedinhos dos pequenos. Para te ajudar nessa tarefa, veja as dicas da pediatra Erothildes Padilha Saleh, de São Paulo. O texto foi extraído e editado do site www.pediatraonline.com.br/padilhaconsultorios, com a autorização da médica.

Continue lendo Como cortar as unhas do bebê