Quem somos

Fabiana Fontainha
Fabi_Sergio_editada

Jornalista e Relações Públicas, há quase 20 anos trabalho na área de Comunicação. Entre tantos projetos que criei e desenvolvi até hoje, estou vivendo o maior de todos os desafios: ser mãe. Aqui conto minha experiência como mãe do Serginho (4 anos) e da Cecilia (recém-nascida), além de trazer dicas e informações atualizadas sobre o universo infantil e materno. Também sou mãe de 4 gatinhos lindos e fofos, grandes companheiros: Barney, Greg, Penny e Sheldon.  Sou ainda empresária na Loja Mamãe Prática de artigos divertidos e criativos para uma cozinha mais alegre e lúdica.
Email: [email protected]

Mariana Branco

Ensaio Fabi, Mari e bebês_jan2015_074
Sou Parent Coach e KidCoach pelo Instituto de Crescimento Infantojuvenil (Icij). Além de questões relacionadas à alimentação inadequada das crianças, ajudo as famílias em situações e comportamentos infantis como birra, tédio, distanciamento social, desinteresse pelos estudos, mentira, medo e insegurança, dificuldades de dormir, desorganização, brigas com irmãos e colegas e não cumprimento de rotinas. Também sou mãe da Manuela e idealizadora do curso online Meu Filho Não Come do projeto Criando AMORas (www.criandoamoras.com.br), com estratégias lúdicas e afetivas para as crianças comerem melhor. Tenho muito orgulho de ser coautora do livro “Contos que curam – Oficinas de educação emocional por meio de contos” (Literare Books), com o capítulo “Aprender a comer brincando – Como trabalhar o medo e o nojo dos alimentos verdes” e o conto Milho em dia de Brisa.
E-mail: [email protected]

Fotos: Luciana Morassi

4 comentários em “Quem somos”

  1. ola sou sara não consigo desmamar minha filha ela grita muito sem parar não fica sem eu se saio de perto ela berra muito.ate para tomar banho tenho qui emtra com ela omde vou etc o que fazer

    1. Olá Sara! Estes posts podem te ajudar:
      Socorro: meu peito virou chupeta
      Como minha filha parou de fazer meu peito de chupeta
      Como fazer o bebê dormir a noite toda

      Não sei quantos meses tem a sua filha, lembre-se que é importante a amamentação exclusiva até os 6 meses. Verifique se ela está com fome, se precisa de água, por exemplo, ou se tem algum desconforto (como frio ou muito calor). Se ela quer seu peito não por fome, mas por hábito, e se não precisa mais mamar de madrugada, então você precisa ser firme nessa decisão. Outras pessoas podem te ajudar, como o pai ou a avó (nestes posts explicamos mais sobre isso).

      Beijo grande e boa sorte!

    1. Olá Ana Cláudia, tudo bem?

      Tenho um projeto relacionado à alimentação infantil (o Criando AMORas). Te convido a baixar meus dois eBooks gratuitos e continuar recebendo, por e-mails, mais informações.

      eBook Meu Filho Não Come: http://www.criandoamoras.com.br

      eBook Cardápio Nutritivo para pais sem tempo: http://receitas.criandoamoras.com.br/

      Abs

      Mariana Branco
      Coach de famílias, KidCoach e mentora no curso Meu Filho Não Come do projeto Criando AMORas
      Instagram: @criandoamoras

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornalismo materno de qualidade